Levanto Monterosso Vernazza Corniglia Manarola Riomaggiore Portovenere La Spezia Trilhas Gênova Milão Parma Pisa e Lucca Florença Nice, Mônaco e Monte Carlo Amalfi Portofino

Última atualização: junho de 2018.

  1. Best of Cinque Terre
  2. Vilas e cidades
  3. Cidades próximas
  4. Milão

Milão

Visitar Milão, capital europeia da moda, é uma etapa obrigatória para os visitantes das Cinque Terre. Milão, entre outras características, é uma cidade riquíssima de monumentos artísticos concentrados no centro da cidade (todos os pontos turísticos mais interessantes estão indicados no mapa).

O meio de transporte ideal para se locomover em Milão é o metrô. O preço da passagem em 2018 é de 1,50€ (a passagem vale por 90 minutos com a possibilidade de usar qualquer outro meio de transporte público). O preço da passagem diária é de 4,50€. É possível descarregar a aplicação ATM Milano, que oferece um navegador GPS para os usuários dos meios de transporte públicos.

Praça da Catedral, Milão, Itália

Como chegar em Milão

O modo mais simples para chegar em Milão é ir de trem. Partindo de Monterosso até a estação de Milão, a viagem demora 4 horas, com baldeação em Gênova (custa 20€). Senão é possível chegar em 3 horas e meia sem trocar de trem (30€). Maiores informações no site www.trenitalia.com. Não é necessário comprar as passagens online com antecedência, bastam 5 minutos na estação antes da partida.

Milão é uma cidade com um trânsito muito intenso, não é aconselhável visitá-la de carro. Mas, na periferia de Milão existem muitos estacionamentos (indicados no mapa), próximos às paradas do metrô. Custam poucos euros por dia. O preço médio dos estacionamentos em 2018 são: 1 hora - 0,40€, 8 horas – 2€, 24 horas – 4€. Preste muita atenção ao estacionar nas ruas da área residencial de Milão: muitas vagas ao longo dos passeios, são delineadas com linhas amarelas, são exclusivas par os residentes com autorização da comuna. Durante o dia não é possível entear no centro de Milão: toda a (ZTL) zona de trânsito limitado é controlada por câmeras.
Endereço: via Giuseppe Impastato, 6, Milano (San Donato).
Endereço: via Antonio Sant'Elia, 208, Milano (Lampugnano).
Endereço: via Giovanni Palatucci, 18, Milano (Famagosta).
Endereço: via Leonardo Da Vinci, 1, Cologno Monzese (Cologno Nord).
Endereço: via Francesco Rubino, Milano (Crescenzago).
Endereço: via Milanofiori, 2, Assago. Gratuito, mas como é bem distante do centro, a passagem do metro custa um euro a mais.

Lugares de interesse turístico em Milão

Abrindo esta página com o smartphone é possível ativar o navegador GPS para ir em qualquer ponto de interesse ou monumento aqui presente.

1
Catedral de Milão, Itália

É o lugar mais famoso e símbolo da cidade uma catedral enorme, situada na praça que leva o seu mesmo nome Piazza del Duomo. Este monumento deve absolutamente ser visto, pois é realizado em um estilo arquitetônico único, o gótico internacional. Sobre o teto da Catedral a vista é magnifica. A subida é feita através de uma plataforma, rodeada por pináculos perfurados, que leva até a entrada norte (a pé são 130 degraus até o 1° nível e outros 80 degraus até o 2° nível: 8€, de elevador: 13€). Abre todos os dias das 9:00h até às 23:00h. A vista de Milão daqui é de tirar o fôlego!

Partindo da Catedral e prosseguindo através da Via Torino se chega na zona Colonne di San Lorenzo, centro de encontro dos jovens repleto de locais noturnos. Prosseguindo mais, se encontram os Navigli, que são canais artificiais onde se concentra a vida noturna de Milão. Certamente aqui é fácil encontrar um barzinho onde entrar!

2
Galleria Vittorio Emanuele II, Milão, Itália

A Galleria, conhecida pelos turistas como “a sala de estar” de Milão, é a mais antiga do mundo. Fica bem próxima ao Duomo e une duas praças: a praça na frente do teatro La Scala e a praça do Duomo. A Galleria Vittorio Emanuele II é uma construção pomposa, com estuques em relevo, e no piso mosaicos representando brasões italianos, sob uma cúpula de vidro. Aqui se encontram as vitrines das grifes mais luxuosas e o famoso mosaico do toro, onde os turistas exprimem seus desejos, que para que sejam realizados, segundo a tradição é necessário girar com o salto dos sapatos três vezes sobre uma parte “sensível” do coitado animal!

3
Castelo Sforzesco, Milão, Itália

O Castello Sforzesco se encontra na parte histórica de Milão, mesmo que por cerca de 700 anos atrás, quando foi erigido, ele era uma fortaleza de defesa que ficava na entrada da cidade. A construção conserva o seu espírito medieval: a arquitetura original, as estátuas antigas, os muros monumentais e suas altas torres. O Castello Sforzesco fica aberto todos os dias: durante o verão das 7:00h às 19:00h, e durante o inverno das 7:00h às 18:00h. É possível participar às visitas guiadas do Castello. O Castello é cercado pelo parque Sempione, e seu principal enfeite é o famoso Arco da Paz, ereto em homenagem à Napoleão Bonaparte no século XIX.

4

A Igreja de Santa Maria das Graças

Igreja de Santa Maria das Graças, Milão, Itália

É uma atração única do período da Renascença, situada na parte oeste de Milão. A construção, que é caracterizada pelos tijolos vermelhos, soube unir o gótico internacional à elementos do estilo coríntio. Mas o que mais atrai os turistas é a arte figurada: o afresco de Leonardo Da Vinci “A última ceia”, conservado sob o teto da igreja de Santa Maria das Graças.

5

Igreja de San Maurizio no Mosteiro Maggiore

Igreja de San Maurizio al Monastero Maggiore, Milão, Itália

Na decoração da Igreja trabalharam por volta do ano 1500, os arquitetos Gian Giacomo Dolcebuono e Giovanni Antonio Amadeo, junto com os melhores artistas da região. Mesmo que o exterior da Igreja possa parecer simples, o interior, decorado com afrescos únicos, surpreende os turistas pela sua beleza. Aqui estão conservadas obras de Bernardino Luini, que representam as Santas Catarina e Ágata, cenas da crucificação de Cristo e alguns episódios bíblicos. Nas paredes da Igreja estão presentes muitas pinturas decorativas.

6

Estádio San Siro

O estádio Giuseppe Meazza, também conhecido como San Siro, é o templo do futebol da cidade de Milão. Dois times o dividem: o Milan e o Internacional de Milão. O estádio é usado também como sede de muitos shows de música pop e rock. No museu do esporte, é possível conhecer a história dos dois times e do estádio San Siro; o Museu do esporte, está situado dentro do anel do estádio, atrás das arquibancadas da porta sul. No Museu de San Siro estão presentes aproximadamente 3000 objetos futebolísticos únicos, lembranças dos acontecimentos passados importantes dos times italianos. Acessível com o metrô, parada Stadio San Siro.

Muitos turistas preferem descer do metrô diretamente na praça do Duomo (parada Duomo), mas vale a pena não descer diretamente lá. Seria melhor descer em uma parada próxima, por exemplo San Babila, e ir passeando até a Catedral, para poder apreciar as vitrines das famosas lojas.

Mapa dos lugares de interesse turístico de Milão

Hotéis aconselhados em Milão

Fora ser uma grandíssima cidade, Milão é também a capital da região Lombardia. Mesmo por isso, aqui estão presentes hotéis para todas as exigências: dos mais famosos e luxuosos aos econômicos albergues. A única coisa indispensável é estar próximo a uma parada do metrô. Escolhemos três dos hotéis mais populares, de diferentes faixas de preços (caro, acessível, barato). Caso queira, é possível controlar a lista de todos os hotéis e escolher o que é mais adapto às próprias exigências.

Apartamentos próximos à Catedral, Itália
Top 5
Romântico
Desconto!

Apartamentos próximos à Catedral

Preço: médio.
Detalhes...

Apartamento para quatro pessoas, Itália
Top 5
Romântico

Apartamento para quatro pessoas

Preço: acessível.
Detalhes...

Idea Hotel Milano San Siro, Itália
Preço baixo!

Idea Hotel Milano San Siro

Preço: baixo.
Detalhes...

Nesta página é possível ver as avaliações dos clientes para todos os hotéis e escolher seus preferidos entre eles. Preste atenção também em:
Hotéis econômicos em Milão.
Hotéis românticos em Milão.
Hotéis de luxo em Milão.
Inserir um filtro para buscar um hotel em Milão.

Quanto tempo é necessário para visitar Milão

Para visitar todos os “pontos” turísticos é necessário somente um dia. É possível dormir nas Cinque Terre e fazer uma excursão de um dia em Milão. Ou se o voo de chega ou sai de Milão, é possível dedicar um dia no começo ou no final da viagem.

Como Milão é o centro da Alta Moda, é bom saber que nas lojas das grifes existem liquidações de verão do dia 7 de julho ao 26 de agosto 2018.
Em 2019: do dia 6 de julho ao 25 de agosto.

Outras fotos de Milão

Torre Unicredit, o prédio mais alto da Itália, Milão, Itália
Torre Unicredit, o prédio mais alto da Itália
Estátua do rei Vittorio Emanuele II, Milão, Itália
Estátua do rei Vittorio Emanuele II
Piazza Duomo vista do teto da catedral, Milão, Itália
Piazza Duomo vista do teto da catedral
Galleria Vittorio Emanuele II, Milão, Itália
Galleria Vittorio Emanuele II
Interior da Catedral de Milão, Itália
Interior da Catedral de Milão
Residencial Bosque Vertical, Milão, Itália
Residencial Bosque Vertical
O toro da Galleria Vittorio Emanuele II, Milão, Itália
O toro da Galleria Vittorio Emanuele II
Castelo Sforzesco, Milão, Itália
Castelo Sforzesco

Hotéis românticos

O Mais Vendido

Classificação: 5 de 5 estrelas

7458 avaliações

Preços a partir de 39 €
Detalhes

Hotéis econômicos

Esgota rapidamente!

Classificação: 5 de 5 estrelas

11745 avaliações

Preços a partir de 110 €
Detalhes

Apartamentos nas Cinque Terre

Esgota rapidamente!

Classificação: 5 de 5 estrelas

10547 avaliações

Preços a partir de 179 €
Detalhes

O texto foi imprimido do site www.bestofcinqueterre.com